Ex-evangelista da Apple declarou que “Deus foi benevolente” com a empresa

Guy Kawasaki contou que a Apple viveu momentos difíceis nos anos 90 e graças ao fato de ter um público fiel pode sobreviver.

Guy Kawasaki foi um dos primeiros funcionários da Apple e trabalhou diretamente com os fundadores da companhia, Steve Jobs e Steve Wozniak, nos anos 80. Designer e engenheiro, Kawasaki é considerado um dos pais do computador pessoal Macintosh e ganhou fama mundial ao trabalhar como evangelista da Apple nos anos 90.

Em visita a São Paulo, a convite da LG, Kawasaki realizou uma palestra sobre inovação e empreendedorismo. Após enriquecer na Apple, ele próprio tornou-se um investidor de risco e viaja o mundo tentando identificar boas ideias que possam tornar-se produtos lucrativos.

“Quem usa Windows geralmente gasta 40 minutos para configurar o PC para o projetor e aí só tem 20 minutos para nos convencer que sua ideia vale um investimento”, disse Guy, que realiza sessões de 1 hora por candidato para identificar bons projetos.

Kawasaki atribui à persistência o sucesso de muitos empreendedores. “Muita gente dizia a Jobs e Woz que não havia razão para alguém comprar um computador pessoal. Mesmo assim eles seguiram em frente e criaram o Macintosh. Se dessem ouvidos aos críticos, a Apple não existiria e talvez ouvíssemos música em… fitas cassete!?”, disse.

Para o especialista, bons empreendedores devem sair às ruas, estudar o mercado e tentar criar produtos que possam seduzir um nicho de consumidores. “As pessoas amam ou odeiam a Apple. Se você criar um produto para tentar agradar todos os públicos, você vai terminar por não agradar ninguém”, afirmou.

Kawasaki contou ainda que a Apple viveu momentos difíceis nos anos 90 e graças ao fato de ter um público fiel pode sobreviver. “A indústria de publicações, que sempre usou Mac para criar (sites, revistas, vídeos, etc.) foi fundamental para a Apple. Foi uma benevolência de Deus a companhia ter sobrevivido e se tornado um sucesso”, disse.

[Via INFO]

Marco Andrei Kichalowsky

Editor-chefe do macnarama.com, é applemaníaco e trabalha com produtos Apple desde 1993. Foi presidente do Brasil Apple Clube durante 10 anos e colaborador da saudosa Macmania e sua herdeira MAC+ até o fim da revista em 2015.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *