Comunique-se em 29 línguas diferentes com seu iPhone ou iPad

 

tradutor-de-viagem-jouristA tradicional desenvolvedora de software para educação e idiomas Jourist Publishing lança uma nova versão de seu software Tradutor de Viagem, para viajantes, professores e estudantes de línguas.

Agora o aplicativo oferece mais de 2 mil frases e palavras de 29 diferentes línguas em uma interface totalmente remodelada. Mais intuitiva, ela apresenta um novo desenho que aproveita os recursos na resolução Retina em dispositivos como o iPad 3 e iPhone 5.

A nova versão também ocupará menos espaço em seu gadget. Agora todos os idiomas podem ser baixados separadamente, economizando memória. Basta escolher a língua que se quer estudar para instalá-la.

Ao contrário, também é possível apagar os idiomas que não se quer mais, simplesmente mantendo o dedo pressionado sobre ele por alguns momentos. As ilustrações também são baixadas em separado, de modo que você precisa baixar apenas as figuras adequadas para seu tablet ou smartphone.

O Tradutor de Viagem oferece recursos únicos para estudantes e viajantes, uma vez que não é necessário nenhum conhecimento prévio de nenhuma língua. Basta escolher a situação e a frase que se quer falar para o próprio aplicativo pronunciá-la em voz alta no idioma desejado. Deseja saber como se pronuncia a mesma frase em outra língua? Selecione-a como novo idioma de saída para o aplicativo pronunciá-la mais uma vez na língua indicada.

As frases e palavras são divididas em 15 tópicos diferentes, como Em viagem, Hotel, Transporte, City-Tour, Banco, No restaurante, Alimentos e bebidas, Saúde, Serviços, tornando o acesso aos termos muito prático. Além disso, ilustrações em forma de cartuns auxiliam a tornar a compreensão ainda mais fácil.

O Tradutor de Viagem já está disponível para download na App Store pela metade do preço (5 dólares) até dia 1o. de março de 2013. Depois, passará a custar 10 dólares.

Autor: Marco Andrei Kichalowsky

Editor-chefe do macnarama.com, é applemaníaco e trabalha com produtos Apple desde 1993. Foi presidente do Brasil Apple Clube durante 10 anos e colaborador da saudosa Macmania e sua herdeira MAC+ até o fim da revista em 2015.