Uma estória de terror…

Pois o texto de Reinaldo Neto (“Hi, I’m a PC. And this is my iPod…”) me inspirou para escrever o contraponto da estória dele.

Minha sobrinha tem bem mais do que os dois anos da heroína PC e eu tenho de uso de computador mais tempo do que a maioria do povo brasileiro tem de vida… Fiquei triste quando ela deixou de seguir meu conselho e comprou um PC flamante. “Tio, ele já vem pronto, tudo funcionando, tem seguro de tudo, não tem que fazer nada nele!” Então, tá, seja feliz minha sobrinha!

No dia seguinte: “Tio, não tou conseguindo imprimir na impressora que é nova também!” Lá vai o tio dar uma olhada e o raio da HP piscava uma luzinha amarela o tempo todo. Isso pra mim é defeito, chama o vendedor. O dito é o C.C. e garante que não é defeito, “ela é assim mesmo” – Então vem cá fazer funcionar, meu caro. Não é que ele foi?! Dois dias depois, claro!

Mas aí eu estava prevenido: levei meu MacBook e conectei na impressora: Aviso na tela, dois segundos depois: “cartucho preto é incompatível”. Chega o amigo C.C. e leva uma hora e meia para descobrir o mesmo, retira o cartucho e promete voltar na semana que vem…

Então aproveitamos para ligar a rede sem fio. O Mac configurou a rede na boa, botou nome e senha, ligou e desligou. Beleza. E o PC? Tem que configurar o “soquete” seja lá o que for isso. Estou tentando até agora. Configura um, desconfigura outro. Agora nada funciona. Desespero. Terror!

Se fosse um Mac eu levava num Genius Desk. Isso aí, onde levo?